AS 12 LEIS UNIVERSAIS

As Leis Universais, também chamadas de Leis Espirituais ou Leis da Natureza, são os princípios inabaláveis e imutáveis que governam todos os aspectos do Universo e são os meios pelos quais o nosso mundo e todo o cosmos continuam a existir, prosperar e expandir. 

1.

LEI DA UNIDADE DIVINA

Primeiro que tudo, o Universo é feito de partículas de energia. É uma grande massa de partículas. A Lei da Unidade diz-nos que tudo está interligado. O que pensamos, fazemos, dizemos ou acreditamos tem um efeito correspondente nos outros e no universo. Não há separação. A ideia de que somos seres individuais é apenas uma ilusão. Podemos sentir que estamos sozinhos enquanto vivemos a nossa experiência de vida, mas quando morremos, a energia do nosso ser é devolvido ao Todo. 

“Quando olha para uma árvore e percebe a calma da árvore, você também se acalma. Conecta-se com a árvore num nível muito profundo. Sente uma unidade com tudo o que percebe na calma e através dela. Sentir a sua unidade com todas as coisas é amor.” – Eckhart Tolle

2.

LEI DA VIBRAÇÃO

Tudo no Universo viaja, move e vibra com energia. Nada está em repouso, seja a própria Terra e as moléculas da cadeira onde está sentado ou os próprios pensamentos, sentimentos, desejos e vontades. Cada som, coisa ou pensamento tem a sua própria frequência vibracional, única em si mesma. Tudo tem a sua própria frequência, ou seja, a velocidade em que vibra.  

“O Universo não ouve o que dizes, apenas sente a vibração daquilo que estás a transmitir.” – Abraham Hicks

3.

LEI DA ACÇÃO

Inseparável da Lei da Atracção. A Lei da Acção estabelece que, para atingir, alcançar e atrair o que se quer, deve-se agir em conformidade. Tal como um tigre que não fica sentado à espera que a comida pouse aos seus pés, nós devemo-nos envolver em acções que apoiem os nossos pensamentos, sonhos, emoções e palavras. O tigre age para atingir o seu objectivo de obter comida, a Lei da Acção ajuda-nos a facilitar o que desejamos. Não requer esforço, apenas um movimento na direcção certa faz com que a Lei da Vibração actue e, por sua vez, manifeste a Lei da Acção. Todas as Leis Espirituais funcionam em conjunto.

“Dê o primeiro passo com fé. Não precisa de ver a escada inteira. Apenas dê o primeiro passo.” – Martin Luther King

4.

LEI DA CORRESPONDÊNCIA

Esta Lei Universal resulta da Lei da Unidade Divina. Afirma que que os princípios ou leis da física que explicam a energia do mundo físico, luz, vibração e movimento têm os seus princípios correspondentes no universo “Tanto em cima como em baixo”. Em suma, significa que os padrões observados no universo em grande escala também são observados no nível macro. Isto resulta em harmonia e concordância, ciclos que estão conectados e relacionados. Com que frequência observamos o padrão espiral na natureza? Esse padrão também pode ser observado nas galáxias, nas descargas de águas da banheira e no centro de um girassol. Cada vez que consultamos o nosso horóscopo, estamos a basear-nos na Lei da Correspondência.

“O que está em cima,é como o que está em baixo, e o que está em baixo é como o que está em cima.” – The Kybalion

5.

LEI DA CAUSA E EFEITO OU LEI DO KARMA

Nada acontece por acaso ou fora das Leis Universais. Esta Lei é provavelmente a mais fácil de entender. Afirma que para cada acção há algum tipo de reacção “Colheremos o que semeamos”. No plano físico é bastante óbvio, mas acontece também no plano espiritual. Relembremos: energia está em todo o lado. Wallace Wattles chamou-a de “substância pensante”. Enche o espaço, enche-nos a nós. Não existe tal coisa como vácuo de energia. Cada acção, pensamento e emoção é um movimento de energia e, portanto, tem um efeito sobre a energia ao seu redor. 

“A vida é um eco. Se não está a gostar do que está a receber, observe o que está a emitir.” – Buda

6.

LEI DA COMPENSAÇÃO

Esta Lei trabalha em conjunto com a Lei da Causa e Efeito e é, em suma, a colheita daquilo que se semeou. Receberemos aquilo que “atirámos” cá para fora. E não se aplica apenas a presentes, amizades, riqueza e abundância. Riqueza pode ser uma recompensa, mas também uma punição. Uma pessoa que ganhe a lotaria pode apenas estar no processo da sua própria queda se não estiver a colher benefícios de uma vida boa. Existem inúmeros exemplos que mostram que a riqueza não é necessariamente um indicador de uma vida feliz e realizada. Então, a Lei da Compensação é um pouco como o Karma. Colhemos o que semeamos. Bom, mau, positivo ou negativo não são factores, a Lei da Compensação sim.

“Na vida, a qualidade dos frutos que colhemos, depende da qualidade das sementes que plantámos.” – Márcio Souza

7.

LEI DA ATRACÇÃO

Esta Lei, já conhecida de muitos através do bestseller “O Segredo”, está emparelhada com a Lei da Vibração que diz que todas as coisas na mesma frequência vibracional são atraídas umas pelas outras. A Lei da Atracção demonstra como atraímos as coisas, os eventos e as pessoas para a nossa vida. Os nossos pensamentos, sentimentos, palavras e acções produzem energias que, por sua vez, atraem energias semelhantes. Energias negativas atraem energias negativas, energias positivas atraem energias positivas. A chave para trabalhar com a Lei da Atracção é alinhar pensamentos e emoções com o que quer que se deseja alcançar. É inegável o sucesso do livro “O Segredo”, mas infelizmente pouco se viu na prática. Infelizmente a maioria de nós julga que é suficiente alinhar a vibração para atrair, mas é preciso estar ciente de todas as 12 Leis Universais para se criar uma vida saudável e próspera. 

“Pensamentos tornam-se coisas. Se consegues vê-lo com a mente, conseguirás segurá-lo com a mão.” – Bob Proctor

8.

LEI DA TRANSMUTAÇÃO DA ENERGIA PERPÉTUA

Toda a energia, aquela que está em constante movimento devido à Lei da Vibração, também está em fluxo constante, desde as estrelas e planetas às células dos nossos corpos. É verdade que algumas alterações não são visíveis porque as partículas simplesmente se transformam no que eram anteriormente. Vibrações mais altas têm a capacidade de encorajar as mais baixas a acelerar. Assim, a Lei da Transmutação diz que todas as pessoas têm dentro de si o poder de mudar as condições das suas vidas. Digamos que se sente triste e resolve sair para um pequeno passeio ao ar livre. Regressa a sentir-se melhor do que antes, mesmo que seja um estado temporário, é um exemplo da Lei da Transmutação.

“No meio da confusão, encontre a simplicidade. A partir da discórdia, encontre a harmonia. No meio da dificuldade reside a oportunidade.” – Albert Einstein

9.

LEI DA RELATIVIDADE

Esta Lei mostra-nos que nada pode ser julgado, seja bom ou mau, até ser comparado com outra coisa. A Lei da Relatividade funciona para nós e contra nós constantemente e deveríamos lembrar-nos dela sempre que ligamos o nosso botão de julgamento. Esta lei ensina-nos a comparar os nossos problemas com outros problemas na sua perspectiva correcta. Não importa o quão difícil seja a nossa situação, há sempre alguém que está numa situação pior. Aquela pessoa é má porque tem um comportamento socialmente inaceitável. Aquela vizinha é mais altruísta que a outra. Não podemos saber o quão ricos somos até compararmos com a riqueza de outros. É tudo relativo. 

“Entende a relatividade quando vê que uma hora com a sua namorada parece um minuto, e um minuto sentado num formigueiro parece uma hora.” – Albert Einstein

10.

LEI DA POLARIDADE

Tudo o que existe tem um oposto. Não podemos discernir a escuridão sem termos conhecido a luz. Não podemos reconhecer a felicidade sem nunca termos experimentado a tristeza. Imaginemos um bastão em que de um lado está a coragem e do outro lado está o medo. A decisão de onde pegar no bastão é nossa. Podemos suprimir e transformar pensamentos indesejáveis concentrando-nos no pólo oposto.

“Um peixe não aprenderá verdadeiramente a aproveitar a água, sem ofegar por ar.” – Markus W. Lunner

11.

LEI DO RITMO

É também chamado de Lei do Movimento Perpétuo. Diz-nos que tudo vibra e se move em certos ritmos. Esses ritmos estabelecem estações, padrões, estados de desenvolvimento e ciclos: órbitas, marés e até política. Imperadores erguem-se e caem, economias prosperam e falham, as estações mudam, a roda do ano gira, tudo se move no ritmo da vida e da morte. 

“Tudo no Universo tem ritmo. Tudo dança.” – Maya Angelou

12.

LEI DO GÉNERO

Esta lei está interligada com todas as outras Leis Universais e é a manifestação do Yin e Yang. É outra forma da Lei da Polaridade. É a manifestação de todas as coisas como masculinas e femininas e não se limita ao género sexual de cada pessoa, é o equilíbrio interior do Sagrado Masculino e Feminino. Tudo no universo tem essa dupla qualidade e cada extremo tem o seu oposto correspondente. Noite e dia. É esta lei que conhecemos como criação que determina também que tudo tem um tempo gestacional.

“Tudo tem um período de gestação. Os nossos sonhos e esperanças precisam de tempo para crescer.” – Autor desconhecido